O que visitar em San Andrés, o Caribe colombiano

Uma ilha bem no meio do Mar do Caribe, com praias tão lindas que é difícil descrever, um povo muito receptivo, boa gastronomia e o melhor de tudo: um destino muito barato!

Se você sempre teve vontade conhecer o Caribe, mas sempre achou que era um destino que não se encaixa no orçamento, San Andrés prova que você pode passear, comer e se divertir sem gastar muito. Além dessas vantagens, o governo colombiano isentou a ilha de impostos para estimular o turismo, fazendo com que as compras seja um atrativo a mais desse destino.

San Andrés também conta com uma estrutura hoteleira pra todos os gostos, desde pousadas nativas até grandes resorts na beira da praia.

 

A primeira vista se tem uma má impressão da cidade, já que as casas são simples e o trânsito meio caótico, com carros antigos e 3 ou 4 pessoas em uma mesma moto. Mas ao contrário dessa impressão, o turista pode caminhar tranquilamente pela ilha sem temer assaltos, golpes ou outros tipos de crimes tão comuns em alguns destinos turísticos. Isso porque o turismo é a principal fonte de renda da ilha, fazendo com que o turista seja respeitado e muito bem tratado. Outro ponto é que o policiamento é muito grande e prestativo, sendo praticamente impossível andar mais de 200 metros sem cruzar com um policial.

Quando o assunto é passeio, San Andrés também tem opções para todos os gostos e bolsos:

 

Volta na ilha

A volta na ilha com um carrinho de golf, ou mulas, é talvez o principal passeio de San Andrés. Em toda a ilha, principalmente no centro, existem pessoas alugando os carrinhos. Basta alugar e dirigir pelas avenidas que beiram o mar, parando nos locais que quiser.

Por do Sol em West View, uma das vantagens em dar a volta na ilha.
Por do Sol em West View, uma das vantagens em dar a volta na ilha.

O aluguel do carrinho de golf custa COP 80.000 e transportam até 4 pessoas, já as mulas, que são carrinhos mais modernos, custam a partir de COP 120.000 e podem transportar de 6 a 9 pessoas, dependendo do modelo. Os carrinhos não costumam passar dos 30 km/h e o valor da locação já inclui o combustível.

É um passeio super tranquilo e os carrinhos são respeitados no trânsito. A dica é alugar logo no início da manhã pra poder aproveitar bem o passeio, já que o horário de devolução geralmente é as 18h.

 

Johny Cay

Johny Cay é um dos passeios mais conhecidos. A pequena ilha fica bem em frente a praia principal, Spratt Bight, e geralmente os barcos levam os turistas na parte da tarde, combinando esse passeio com o Cayo Acuario (feito na parte da manhã). Para entrar na ilha é necessário pagar uma taxa turística de COP 5.000.

Johny Cay vista a partir do centro de San Andrés.
Johny Cay vista a partir do centro de San Andrés.

O principal atrativo dessa ilhota é o mar com suas águas cristalinas e sua linda praia. É possível também dar a volta na ilha e apreciar o lado oposto à praia, onde existem alguns arrecifes e uma grande população de iguanas (fique tranquilo, pois as iguanas são calmas, é só não mexer com elas).

Aproveite também para almoçar nos quiosques e experimentar um delicioso robalo com arroz de coco.

 

Cayo Acuario

O popular Acuario é uma pequena ilha ao leste de San Andrés cujo passeio é combinado com Johny Cay, geralmente realizado na parte da manhã. O local é muito conhecido pela tranquilidade de suas águas e pela possibilidade de mergulhar com uma enorme diversidade de peixes, arraias e se der sorte, até tartarugas.

A famosa ilhota Cayo Acuario.
A famosa ilhota Cayo Acuario.

Como o nome diz, o local é basicamente um enorme aquário natural, que conta com um par de barracas de bebidas, aluguel de snorkel por COP 5.000 e serviço de locker, por COP 10.000.

O grande barato desse passeio é observar a fauna aquática de San Andrés. O custo do passeio Acuário + Johny Cay gira em torno de COP 20.000 por pessoa.

 

Mantarrayas e Barreira de Corais

Feito exclusivamente na parte da tarde, é um dos mais procurados. Um barco te leva para um passeio pela área de mangue de San Andrés e depois parte para a região da Barreira de Corais, que é considerada a terceira maior do mundo. Durante todo o tempo um guia vai dando explicações e contando um pouco da história da ilha.

Depois de sair da Barreira de Corais, o barco parte para uma região do mar que fica bem próxima ao Cayo Acuario onde a água bate na parte da cintura e é possível interagir com as arraias. Geralmente, o guia mergulha e encontra uma arraia e as pessoas podem passar a mão e até pegá-las.

Interação com as arraias no fim da tarde.
Interação com as arraias no fim da tarde.

A grande diferença desse passeio é que as arraias são selvagens e livres na natureza. Essa espécie vai até o local todos os dias na parte da tarde, para se alimentar, e por ser tão dócil permitem essa interação.

O local é tão perto do Cayo Acuário que ao final do passeio o guia leva os turistas caminhando até lá, para mais um tempo de interação com arraias e peixes.

O custo desse passeio gira em torno de COP 20.000 por pessoa.

 

West View

Como o próprio nome diz, West View fica do lado oeste da ilha. O local é um pequeno parque, com tobogã e trampolim para o mar, lanchonete, aluguel de snorkel, serviço de lockers e restaurante na parte externa. Para entrar é necessário pagar uma taxa de COP 4.000 por pessoa.

O melhor de tudo em West View é aproveitar a linda piscina natural para praticar snorkel e interagir com os peixes. Logo na entrada, os funcionários fornecem pedaços de pão aos turistas, o que garante a presença constante dos peixes durante o mergulho.

A piscina natural de West View.
A piscina natural de West View.

É em West View que fica a empresa Aquanautas, que realiza mergulhos com escafandros de 20 minutos de duração a um valor de COP 90.000 por pessoa. Porém, não é permitido mergulhar com sua câmera e nem fotografar (é cobrado um valor adicional de COP 70.000 e a equipe tira fotos e te entrega em um pendrive personalizado).

West View também é um excelente lugar para apreciar o por do sol.

 

Cayo Bolivar

Esse é um passeio para aquelas pessoas que gostam de aventura e muita natureza. Pouco mais de 30 km separam Cayo Bolivar de San Andrés, em uma viagem de barco que dura 2 horas pra ir e mais 2 horas pra voltar.

cayo bolivar
Cayo Bolivar, aventura e muita natureza nessa ilha de San Andrés.

O grande barato de Cayo Bolivar é curtir a natureza praticamente intocada. Lá não existe nenhum tipo de comércio e ninguém vive na ilha, que se transformou em reserva ambiental.

O passeio é vendido entre COP 120.000 e COP 180.000, de acordo com a temporada e a negociação. A dica é usar bastante protetor solar e se preparar pra ficar molhado durante a viagem.

 

Playa Rocky Cay

Rocky Cay é uma praia na região leste da ilha e oferece uma excelente estrutura para os banhistas, com bar, tendas e música. Nessa praia também é possível encontrar alguns peixes se mergulhar no mar calmo e cristalino.

Rocky Cay em um dia nublado.
Rocky Cay em um dia nublado.

Bem em frente fica uma ilha com muitas pedras e um barco encalhado, por isso o nome Rocky Cay (coral rochoso).

O principal atrativo dessa praia é a possibilidade de ir caminhando, pelo mar, até a ilha, com a água batendo na altura da cintura.

 

Playa San Luís

San Luís é uma das principais praias de San Andrés e também fica na região leste da ilha. Com águas calmas e transparentes, a praia possui alguns arrecifes que formam pequenas piscinas naturais.

Playa San Luís e seus coqueiros.
Playa San Luís e seus coqueiros.

Excelente lugar para mergulhar e tomar sol. Porém, essa é uma das praias com mais incidências de queimaduras por água-viva (experiência própria), principalmente em dias mais frios ou nublados.

 

Playa Spratt Bight

Principal praia de San Andrés, Spratt Bight ou Peatonal, é também uma das mais bonitas da ilha. Conta com várias barracas de bebidas e aluguel de tendas com cadeiras, chamadas de “carpas”, por COP 10.000 para o dia todo.

A praia central de Spratt Bight, uma das mais bonitas de San Andrés.
A praia central de Spratt Bight, uma das mais bonitas de San Andrés.

Ao longo da praia fica um calçadão com várias lojas e restaurantes, sendo um dos locais mais movimentados de San Andrés.

Também em Spratt Bight é possível alugar jet ski, por cerca de COP 80.000 para um passeio de 30 minutos.

COMPARTILHAR

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO