Valparaíso

Um lugar que encanta e ao mesmo tempo impressiona seus visitantes.

Declarada como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO em 2003, Valparaíso tem uma distribuição geográfica ímpar, onde os cerros invadem a costa e fazem com que a vista a partir desses morros se tornem o principal destaque.

Valparaíso se destaca por ser uma cidade que resvala dos cerros em direção ao Oceano Pacífico.

No total são 42 morros e colinas e muitos deles possuem particularidades que não se repetem em outros.
O que chama mais atenção nessa pitoresca cidade é o clima boêmio que se sente ao andar por suas ruas íngremes. Vielas estreitas e cheias de beleza, se tornam um convite para caminhar sem preocupação e registrar todo o colorido que a paisagem tem a oferecer.

 

A cidade é o maior porto do país, praticamente toda sua orla é composta por diques, gruas, navios cargueiros e containers. Essa composição toda praticamente obriga o visitante a conhecer a cidade do alto, tornando quase que obrigatória uma visita aos principais miradores (mirantes) da cidade, como o Mirador Portales, Mirador Esperanza, Mirador O’Higgins e Mirador Marina Mercante, Paseo 21 de Mayo, Paseo Yugoslavo, Paseo Gervasoni, Paseo Atkinson e Paseo Dimalow.

Típicas casas coloridas nos cerros de Valparaíso.
Típicas casas coloridas nos cerros de Valparaíso.

Os “ascensores” são espécies de elevadores que transportavam as pessoas para o alto dos cerros. Atualmente muitos desses meios de transporte não funcionam mais e acabaram abandonados, servindo apenas como cartão postal. Porém ainda existem ascensores particulares, e até mesmo municipais, que estão em pleno funcionamento, é o caso dos ascensores Artillería, Barón, Concepción, Cordillera, El Peral, Espíritu Santo, Polanco, Reina Victoria, San Augustin e Van Buren.

Um dos vários "ascensores"espalhados pela cidade.
Um dos vários “ascensores”espalhados pela cidade.

Passeando pela cidade é possível encontrar vários com monumentos dedicados aos heróis da guerra do Pacífico, entre Chile e Peru no século 19. A Plaza Sotomayor possui, além do belíssimo prédio da Armada de Chile, o Monumento a los Héroes de Iquique, que foi a batalha final da guerra.

Há ainda o Museo Naval y Marítimo no Cerro Artillería, que demonstra que o tom ufanista ainda persiste quando se trata de relembrar assuntos relacionados à fronteira com seus vizinhos. Valparaíso é também a sede do Congresso Nacional do país desde 1980.

Porto de Valparaíso visto do museu La Sebastiana.
Porto de Valparaíso visto do museu La Sebastiana.

Valparaíso é uma cidade com uma atividade cultural incrível. Lugares como o Museu Municipal de Belas Artes, o Museu do Mar Lord Thomas Cochrane, a Galeria Municipal de Arte Valparaíso, o Museu de História Natural, são referências de arte da cidade.

O Museu a Céu Aberto plasma sobre as fachadas do Cerro Bellavista, onde está localizado, e é possível conhecê-lo subindo pelo ascensor Espíritu Santo. Possui murais feitos por reconhecidos pintores, como Nemesio Antúnez, Roberto Matta, entre outros.
Um dos pontos mais visitados, e talvez até o mais importante centro cultural da cidade, é a Casa Museu La Sebastiana. Destacada pela beleza de sua construção, o museu fica no cerro Florida e é uma das 3 casas do escritor chileno Pablo Neruda, vencedor do prêmio Nobel de literatura.

A cidade conta também com cinco universidades tradicionais, que são a Universidad Técnica Federico Santa María, a Pontificia Universidad Católica de Valparaíso, a Universidad de Playa Ancha de Ciencias de la Educación, a Universidad de Valparaíso e a Universidad de Los Lagos.

Placas no museu La Sebastiana, casa de Pablo Neruda em Valparaíso.
Placas no museu La Sebastiana, casa de Pablo Neruda em Valparaíso.

Como chegar – Na maioria das vezes os turistas acabam saindo de Santiago, em uma viagem de aproximadamente 2 horas. Partindo da rodoviária de Santiago existem várias linhas de ônibus até Valparaíso, que saem a cada meia hora. Também existem empresas de turismo que fazem o passeio partindo tanto de Santiago como de Viña del Mar, partindo da rodoviária de Santiago.

Onde ficar – A cidade de Valparaíso oferece inúmeras opções de hotéis, pousadas e albergues, que agradam todo tipo de turista. É muito comum os viajantes ficarem apenas um dia para conhecer Valparaíso e Viña del Mar, porém se você quer conhecer e viver a cidade, os melhores hotéis ficam nos arredores do Cerro Alegre, área considerada a mais segura da cidade e onde se encontram os melhores restaurantes.

Quando ir – Valparaíso, como todo o resto do Chile, é um destino que se pode visitar o ano inteiro. Porém a época mais visitada é no inverno, devido ao grande número de turistas na capital Santiago para a temporada de esqui. Porém Valparaíso é uma excelente opção para se visitar no verão, quando as temperaturas sobem e os visitantes conseguem criar coragem e encarar as geladas águas do Oceano Pacífico.

O que conhecer – Visitar os miradores, se torna necessário à todos os que desembarcam em Valparaíso. A Casa Museu La Sebastiana, oascensor Artilleria, o cerro Concepción, o Paseo Gervasoni, o Monumento a Los Heroes na Plaza Sotomayor, o portão de Valparaíso e a Playa Ancha são os principais pontos turísticos. E como não pode faltar aquela foto típica da cidade, o Paseo 21 de Mayo proporciona uma das melhores vistas de Valparaíso.

COMPARTILHAR

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO