Olinda, a capital brasileira da cultura

Uma lenda diz que o fidalgo português Duarte Coelho, ao se deparar com a bela paisagem, exclamou: “Oh, linda situação para se construir uma vila!”. E foi assim que nasceu o nome desse patrimônio histórico e cultural da humanidade, declarado pela Unesco.

Olinda, além possuir uma beleza natural única, revive todos os anos todo o esplendor de seu passado durante o carnaval, ao som dos ritmos típicos de Pernambuco, como o frevo e o maracatu.  Os famosos “Bonecos de Olinda” e os blocos de carnaval tomam conta das ruas do sítio histórico da cidade.

A cidade reúne uma grande variedade de atrações como igrejas, construções históricas e lindas paisagens.

O visitante pode simplesmente caminhar pelas ruas e descobrir seus pontos turísticos interessantes como a casa do cantor Alceu Valença, a sede da Escola de Samba Porto Velho e a Pitombeira dos Quatro Cantos. Quem viaja até Olinda não pode deixar de conhecer o comércio das famosas toalhas em renda e os ótimos restaurantes da região, como o Beijupirá.

Igreja do Carmo com o mar de Olinda ao fundo.
Igreja do Carmo com o mar de Olinda ao fundo.

Como diz o título desse post, Olinda é capital da Cultura e não é a toa. A cidade reúne uma imensa quantidade de igrejas que desde a colonização holandesa se tornaram verdadeiros patrimônios religiosos e arquitetônicos.

O Carnaval com os tradicionais Bonecos de Olinda
O Carnaval com os tradicionais Bonecos de Olinda

E pra você que vai dar aquele passeio por Olinda, aqui vai as nossas dicas dos principais pontos turísticos da cidade:

 

Farol de Olinda

O farol foi construído inicialmente sobre o Fortim Montenegro e foi aceso pela primeira vez em 1872. Visível a uma distância de 12 milhas, o Farol atual foi construído no Morro Serapião e inaugurado em 7 de setembro de 1941. Por seu destaque na paisagem de Olinda, tornou-se um dos principais marcos da cidade.

 

Igreja da Sé

A Igreja da Sé foi construída em 1537 e foi dedicada a Jesus Cristo como o Salvador do Mundo. Com o passar dos anos passou por várias reformas, tanto na fachada quanto no seu interior. A decoração original desapareceu ao longo do tempo, mas especialmente nas capelas laterais ainda existem alguns resquícios da decoração com azulejos,  painéis pintados, elementos de talha dourada e estatuária antiga.

 

Convento de São Francisco

O Convento de São Francisco pertence a um conjunto arquitetônico barroco de grandel importância, que inclui a Igreja de Nossa Senhora das Neves, a Capela de São Roque, o claustro e a sacristia. É o convento franciscano mais antigo do Brasil e sua construção foi iniciada em 1585. O conjunto foi incluído no rol dos monumentos do Centro Histórico de Olinda, tombado pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade.

 

Igreja de Nossa Senhora da Graça

A Igreja de Nossa Senhora da Graça foi uma das primeiras igrejas a serem construídas no Brasil. Inicialmente foi construída como um oratório de taipa de pilão no ano de 1551 para a a catequização dos indígenas do local.

 

Igreja e Mosteiro de São Bento

A Igreja e o Mosteiro de São Bento compõem um importante complexo arquitetônico barroco de Olinda. É tombado nacionalmente e, junto com grande parte do centro histórico da cidade, também como Patrimônio Histórico Mundial pela UNESCO.

 

Observatório

Construído no século XIX, serviu por várias décadas para observações e estudos de Astronomia. Diz a lenda, que sua edificação relaciona-se com a descoberta de um cometa, em 1860, por Emanuel Liais, de quem o astro recebeu o nome. Erguido em alvenaria, tem formato de um cilindro e possui área de, aproximadamente, 6000 m2.

Panorama de Olinda
Panorama de Olinda

 

Pernambuco é um dos estados brasileiros que mais possuem patrimônios culturais e históricos e merece nossa valorização e principalmente visita.

Conheça Pernambuco e aproveite!

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO