São Francisco do Sul (São Chico)

Entre as capitais Curitiba e Florianópolis, está uma das cidades mais ricas em história e belezas naturais do nosso litoral, a pequena São Francisco do Sul.

Reconhecida por suas belas praias e picos de surf, a ilha de São Chico (como é conhecida popularmente) é também um patrimônio histórico do estado de Santa Catarina e do Brasil.

A cidade também é conhecida por ser a terceira cidade mais antiga do Brasil, onde seus primeiros relatos datam de 1504.

São Chico também abriga o quinto maior porto do Brasil em movimentação, e o sexto em volume de cargas.

 

Um aspecto único que a cidade oferece a seus visitantes é a cultura. São Francisco do Sul é repleta de casarões históricos, cheios de lendas e folclore. Conta também com dois museus importantíssimos: O Museu do Mar e o Museu Histórico de São Francisco do Sul.

 

Centro histórico de São Francisco do Sul
Centro histórico de São Francisco do Sul

 

O Museu do Mar foi criado justamente para preservar o grande número de embarcações, instrumentos navais e apetrechos de bordo, valorizando a arte e o conhecimento dos pescadores e trabalhadores que vivem das águas.

Como está localizado no berço da mais antiga povoação de Santa Catarina, o Museu do Mar ocupa amplos e centenários galpões com mais de 7.000 m². A arquitetura eclética tem influência alemã, com impressionante estrutura de madeira, e está situada à beira da Baía da Babitonga. O Museu do Mar já é o mais importante da América Latina e é considera do orgulho dos cidadãos de Santa Catarina.

 

Museu do Mar.
Museu do Mar.

 

Já o Museu Histórico de São Francisco do Sul é uma das mais antigas edificações da Ilha de São Francisco e conta com um guia nativo contando a história de cada sala. Foi construído no final do século XVIII e era utilizado como Câmara dos Vereadores e Cadeia Pública, servindo de prisão para líderes revolucionários da Guerra do Contestado e era conhecido na época como “Palácio da Praia do Mota”.

O museu, abriga em suas salas e celas um grande acervo doado pelos cidadãos da cidade, como documentos, plantas, jornais e utensílios dos antepassados do povo francisquense.

A história da comunidade francisquense, é ricamente mostrada nas fotografias expostas em suas paredes. Conta também com uma cela solitária, que era utilizada na detenção de doentes mentais e perigosos criminosos

 

Museu histórico de São Francisco do Sul.
Museu histórico de São Francisco do Sul.

 

Além dos museus São Chico também oferece uma infinidade de pontos turísticos. Um deles é o centro histórico que possui um conjunto de casas recuperadas pelo “Projeto Monumenta” e algumas delas contando com algumas centenas de anos, em frente à Baía de Babitonga.

Ainda no centro histórico, fica a Igreja Nossa Senhora da Graça, que foi construída no ano 1699 no lugar da antiga capela existente desde 1553 dedicada à padroeira da cidade. Atualmente é um dos principais cartões postais da cidade.

 

Igreja Nossa Senhora da Graça.
Igreja Nossa Senhora da Graça.

 

Outro lugar que o visitante de São Chico não pode deixar de visitar é o Forte Marechal Luz. Situado a apenas 15 km do centro histórico, o forte está construído em um dos pontos de mais rara e expressiva beleza da cidade, de onde é possível ter uma vista única de toda a região norte do litoral catarinense.

A construção foi fundada no ano de 1909 e é uma homenagem ao marechal Francisco Carlos da Luz. O local conta com uma grande quantidade de canhões e armas, e ainda possui um pequeno museu com um acervo militar.

 

Forte Marechal Luz.
Forte Marechal Luz.

 

Além de tantos pontos turísticos e atrações culturais, essa pequena e antiga cidade ainda oferece uma quantidade imensa de praias paradisíacas.

São Chico tem praias mansas como a Praia da Enseada, Ingleses e Ubatuba. Também é possível encontrar praias mais badaladas e com ondas ideais para quem gosta de surfar, são elas: Prainha, Praia Grande e Itaguaçu.

 

centro historico
Casarões no centro histórico de São Chico.

 

Pra você que gostou e está afim de conhecer esse pequeno paraíso, existem várias formas. A cidade está a cerca de 190km de Florianópolis e 120km de Curitiba, e o acesso é pela BR 101.

Como a ilha está situada ao lado de Joinville, é possível encontrar voos a partir da cidade vizinha.

 

 

COMPARTILHAR

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO