Filmes que inspiram viagens

É raro postarmos aqui no blog temas que não são sobre as viagens em si. Mas nesse caso eu senti uma necessidade muito grande de compartilhar essa “lista” com os leitores.

Acredito que muitas pessoas, em diversos momentos, tenham aquele sentimento de que não estão fazendo a coisa certa, de que a vida poderia ter mais aventura, mais experiências novas e ser vivida de uma outra forma. Na maioria das vezes esse sentimento é constante e em alguns casos a vontade é largar tudo e cair no mundo.

Mas sempre esbarramos na realidade que a sociedade impõe, e acabamos achando tudo difícil demais de ser realizado.

 

Pensando nisso, listamos alguns filmes que realmente aguçam o instinto de mochileiro de qualquer pessoa e nos ajudam a ver a vida, e o que estamos fazendo com ela, de uma outra forma.

 

Diários de Motocicleta (Motorcycle Diaries)

O filme conta a aventura épica vivida entre os amigos Ernesto Guevara de la Serna (Che Guevara) e Alberto Granado, a bordo de uma moto Norton 500, percorrendo todo a América do Sul.

Esse trecho da vida de Che é decisivo para a formação de seu caráter e ideais sociais e políticos, onde eles se deparam com injustiças, pobreza e muita semelhança entre os povos desse rico continente.

 

Peixe Grande e suas histórias maravilhosas (Big Fish)

Um clássico inspirador e emocionante de Tim Burton. O filme conta a história de Ed Bloom, um grande contador de histórias.

Quando jovem Ed saiu de sua pequena cidade natal, no Alabama, para realizar uma volta ao mundo. A diversão predileta de Ed, já velho, é contar sobre as aventuras que viveu neste período, mesclando realidade com fantasia. As histórias fascinam todos que as ouvem, com exceção de Will, seu filho. Até que no leito de morte do pai, Will compreendo o quão melhor é ver a vida da forma que seu pai viu.

O filme emociona sem usar nenhuma apelação e nos faz refletir sobre o modo como encaramos a rotina.

 

O caminho de Santiago (The Way)

Esse emocionante filme retrata a história de Tom, um médico americano que viaja para a França para recuperar o corpo de seu filho, Daniel, morto numa tempestade enquanto percorria o Caminho de Santiago.

Levado por sua profunda tristeza e pelo desejo de compreender melhor seu filho, Tom decide deixar sua vida californiana vazia para trás, e embarca em uma peregrinação histórica, numa combinação de luto e homenagem a Daniel, refazendo a trajetória de seu filho no Caminho de Santiago.

Durante a peregrinação, Tom encontra pessoas de várias partes do mundo à procura de algo maior para suas vidas, e descobre o significado de uma das últimas coisas que seu filho lhe disse: “Nós não escolhemos uma vida, nós vivemos uma.”

 

O fabuloso destino de Amelie Poulain (Le fabuleux destin d’Amélie Poulain)

Após deixar a vida de subúrbio que levava com a família, a inocente Amélie muda-se para o bairro parisiense de Montmartre, onde começa a trabalhar como garçonete.

Em um certo dia encontra uma caixa escondida no banheiro de seu apartamento e, pensando que pertencesse ao antigo morador, decide procurá-lo, encontrando Dominique. Ao ver que ele chora de alegria ao reaver o seu objeto, a moça fica impressionada e adquire uma nova visão do mundo.

Então, a partir de pequenos gestos, ela passa a ajudar as pessoas que a rodeiam, vendo nisto um novo sentido para sua existência.

 

Comer, rezar e amar (Eat, pray and love)

Comer, rezar, amar conta a história de Elizabeth quando descobre que sempre teve problemas nos seus relacionamentos amorosos.

Um dia, ela larga tudo, marido, trabalho, amigos, decidida a viver novas experiências em lugares diferentes por um ano inteiro. E parte para a  Itália e Bali, para se reencontrar numa grande viagem de auto conhecimento.

O filme mostra cenas incríveis de diversos lugares do planeta, além de culturas e perspectivas de vida inspiradoras.

 

Na natureza selvagem (Into the wild)

Baseado na história real de Christopher McCandless, que aos 22 anos de idade resolveu se aventurar em meio à natureza. O filme é mais que uma simples crítica para nossa sociedade e nosso estilo de vida, é uma história de resistência que serve de inspiração para todos.

Início da década de 90. Christopher é um jovem recém-formado, que decide viajar sem rumo pelos Estados Unidos em busca da liberdade.

Durante sua jornada pela Dakota do Sul, Arizona e Califórnia ele conhece pessoas que mudam sua vida, assim como sua presença também modifica as delas. Até que, após dois anos na estrada, Christopher decide fazer a maior das viagens e partir rumo ao Alasca.

 

The art of travel

Conner Layne, ao descobrir que sua noiva está tendo um caso com seu melhor amigo, decide seguir sozinho em lua de mel.

Ao embarcar para a América do Sul, ele começa a conhecer as maravilhas que o lugar tem para oferecer. Torna-se amigo de dois viajantes suecos e acaba tendo todos os seus pertences e dinheiro roubados.

Após esta conturbada aventura ele encontra um simpático casal, Darlene e seu marido Christopher, que estão planejando atravessar o Darien Gap, uma faixa de 100 milhas ao longo da selva subdesenvolvidas que separa o Panamá e a Colômbia, em tempo recorde, com um grupo de estrangeiros.

Conner decide se juntar ao grupo de aventureiros nesta jornada que tem como recompensa a paisagem perigosa e então, começa mais uma aventura, a aventura que realmente ele esperava.

 

Ps.: Eu te amo (Ps.: I love you)

Esse emocionante clássico romântico conta a história de Holly. A americana casada com Gerry, um engraçado irlandês por quem é completamente apaixonada.

Quando Gerry morre, a vida de Holly também acaba. Em profunda depressão, ela descobre com surpresa que o marido deixou diversas cartas que buscam guiá-la no caminho da recuperação.

As cartas guiam Holly a uma nova vida, passando pelos incríveis lugares da infância de seu marido, a Irlânda.

 

Eurotrip

Após se formar no 2º grau, Scott pensa em passar o verão com Fiona, sua namorada. Porém ela lhe dá um tremendo fora.

Para piorar Scott segue os conselhos de Cooper, seu melhor amigo, e manda um e-mail desaforado para um amigo, Mieke, que mora em Berlim, pois Cooper acha que Mieke é gay.

Só então descobre que Mieke é uma bela jovem, mas Scott não pode nem tentar se retratar, pois seu e-mail foi bloqueado por ela.

Assim ele decide ir até Berlim achar Mieke, juntamente com Cooper. Viajando de um jeito econômico, eles vão primeiramente para Londres, que seria a primeira etapa de muitas confusões na tentativa de achar Mieke.

O filme é um típico “besteirol” americano, mas cheio de risadas e destinos incríveis pela Europa.

 

E aí, curtiu as nossas indicações? Então alugue, baixe, compre ou assista on-line e inspire-se.

COMPARTILHAR

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO